Crianças que convivem com a natureza são mais felizes

A natureza propicia desenvolvimento motor e cognitivo, estimula criatividade, independência, socialização, entre outras coisas. Com apoio e informações do projeto Criança e Natureza, vamos reunir motivos e evidências científicas para presentear as crianças com o contato com a natureza e os benefícios de estar ao ar livre. Confira os motivos para as crianças se conectarem com a natureza.

Por Ricardo Nerval

Estimula os sentidos: Brincar na natureza estimula a criatividade: os brinquedos são criados e reinventados a partir de recursos encontrados durante a brincadeira: o galho que vira espada, a folha que vira um barquinhos. Estudos com crianças escolarizadas mostram que nas áreas verdes da escola as crianças brincam de forma mais criativa e cooperativa.
Fortalece o aprendizado: Estudos nos EUA mostram que, em escolas que usam a natureza como sala de aula, há uma melhora significativa no desempenho dos alunos em estudos sociais, ciências, artes da linguagem e matemática. (American Institutes for Research, 2005).
Favorece os vínculos sociais: De acordo com o estudo Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine de 2005, as crianças que brincam ao ar livre com regularidade de forma não dirigida e estruturada são mais capazes de conviver com os outros, mais saudáveis e mais felizes.
Propicia momentos de concentração: Além de proporcionar a experiência do belo, o acesso à natureza aumenta a paz, o autocontrole e a autodisciplina em jovens que vivem na cidade.
Estimula a atividade física: Estudos compravam que crianças que brincam em diferentes ambientes naturais são mais ativas fisicamente, mais conscientes sobre sua alimentação e mais cuidadosas com o outro.
Reduz a violência: Há forte evidência de que mesmo o mais leve contato com a natureza impacta positivamente no senso de comunidade. Há uma pesquisa que mostra que prédios cercados por vegetação apresentaram índice de criminalidade 52% menor do que prédios com baixa incidência de vegetação.
Favorece o desenvolvimento integral: A natureza é importante no desenvolvimento infantil em cada um de seus aspectos: intelectual, emocional, social, espiritual e físico.
Melhora a nutrição: Crianças que plantam seus próprios alimentos são mais propensas a comer frutas e vegetais, têm um conhecimento maior sobre nutrição e têm maiores chances de manter hábitos alimentares saudáveis por toda a vida.
Contribui para a conservação da natureza: A criança que convive com o meio natural e desenvolve afinidade em relação à natureza aprecia e zela pelo mundo à sua volta porque o respeita e o reconhece como seu ambiente de pertencimento.
Forja pessoas preparadas para a vida: O ser humano aprende a avaliar e a correr riscos, cair e levantar, se machucar e curar desde cedo, na interação com o ambiente. Garantir à criança o brincar ao ar livre é proporcionar uma variedade de situações em que terá a autonomia de escolher os riscos que quer correr, gerenciá-los e aprender sobre eles. E, dessa forma, chegarão à vida adulta mais preparados e resilientes, capazes de lidar com as adversidades da vida.
Que tal se, ao invés de comprar presente, doarmos nosso tempo para estar com as crianças na natureza? 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: