O campeão voltou

Após o gol de Richarlison de pênalti, marcando o terceiro gol do Brasil, a torcida brasileira no Maracanã começou a entoar um canto adormecido: “Ô, o campeão voltou.” Com a vitória sobre o Peru por 3 a 1, gols de Richarlison, Gabriel Jesus e Everton, a seleção brasileira conquista um título depois de seis anos e de forma invicta.

Por Lucas Ignácio

Com uma campanha regular durante a competição, o Brasil superou na grande final a desconfiança, as críticas e a pressão de se disputar um torneio em casa, onde protagonizou o maior vexame de sua história em 2014: o 7 a 1 para Alemanha. Na volta ao Mineirão, palco da goleada marcante, foi rabiscado pela vitória polêmica sobre a rival Argentina por 2 a 0. Os argentinos saíram do confronto, reclamando com a arbitragem e Messi apontou que a Copa América estava armada para o Brasil.

A atmosfera da torcida para a final da Copa América, 7, foi positiva e de apoio aos jogadores e a comissão técnica do Brasil. Com Tite e seus comandados, o tão criticado Gabriel Jesus e o promissor Everton Cebolinha, chamaram a responsabilidade para si e decretaram mais uma boa atuação na fase eliminatória, foi assim contra Argentina e até no duelo morno contra o Paraguai.

Daniel Alves, outro criticado pela idade e a “sombra” da aposta de Éder Militão, conquistou seu quadragésimo título na carreira. Na galeria de troféus, vislumbra o êxito por todos os clubes que já passou. Além disso, a defesa foi um quesito em destaque por sofrer apenas um gol e ajudar a seleção canarinho fechar a competição continental com chave de ouro, sem perder sequer um jogo. A campanha do título foi registrada com quatro vitórias e dois empates.

A ausência de Neymar não surtiu efeito. O comandante Tite, assim como alguns jogadores, não tem vaga garantida para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar. A força coletiva se sobrepôs sobre qualquer declaração e crítica, superando expectativa negativa em torno dos jogadores convocados e o time escalado nas partidas disputadas. Enfim, o título conquistado acende a perspectiva que a seleção vitoriosa possa retornar, mas por enquanto a legenda da foto da conquista pode ser finalizada como “O campeão voltou”.

Agencia Brasil – Foto de capa (Créditos: Agência Brasil)

Brasil Campeão – Foto da matéria (Créditos: Lucas Figueiredo / CBF)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: