ATÉ QUANDO UMA VILA DE CORONÉIS?

Na última semana comprovou-se o TOTAL retrocesso causado na Vila, por políticas tão velhas quanto os modelos econômicos que aqui se impõem.

Por Eduardo Sevarolli C. Faria

Um grupo de crianças, acompanhadas por voluntários de um projeto social da cidade, foi constrangido por seguranças de um Shopping, violando de forma teratológica o Estatuto da Criança e do Adolescente, e fazendo com que a cidade mais se pareça uma “casa grande” sem senzalas…

Mas, o que isso tem a ver com as “velhas políticas”, Eduardo?

Quando é estimulado um modelo coronelista, reforçando-se na cidade o caráter provincial da mesma, cidadãos sentem-se à vontade para – como capitães do mato – se sentirem “acima do bem e do mal” e fazerem o que bem entendem!

“Em “casa de senhor”, escravo não é bem vindo!”

Se queremos mudar a realidade local, precisamos mudar nossas concepções, e dentre elas, vencer o provincialismo local, deixando de ser uma “roça em desenvolvimento” para sermos a “Manchester Mineira” que temos potencial para ser.

Chega de coronelismo, de “trocas de favores” para manutenção no poder e de posturas tão retrógradas quanto é o nome “Vila” para se referir ao Município.

Mudemos nossas posturas, nossa forma de ver a realidade, e não toleremos mais ações CRIMINOSAS como essa, pois somente assim avançaremos para o potencial que a cidade tem.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: