UMA CÂMARA M & M?

Talvez a principal marca da atual Câmara Municipal da Cidade de Juiz de Fora é o excesso de manifestações de homenagens às mais diversas pessoas e pelos mais diversos pretextos.

Por Pd Eduardo Faria

Moções de aplauso sem limites, além de um sem número de medalhas distribuídas a personagens da cidade fazem com que estes fatos talvez se tornem menos importantes do que, de fato, deveriam ser.

Explico-me: ao banalizar os eventos citados, tornando-os corriqueiros, perde-se muito da excepcionalidade de que deveriam estar revestidos, além de diminuírem a importância do destaque ao tornar numeroso o que deveria ser ímpar.

Não somente esse equívoco deve ser destacado, mas um outro fator – não menos relevante – que se destaca, é o custo de tais atos – por sua multiplicação que tira o destaque devido, como já destacado – impõem à Câmara Municipal. Isso porque, ao usar a máquina administrativa para produzir moções e mesmo para prestar homenagens quais sejam, há a ocupação do espaço, além dos recursos (materiais e humanos) que se refletem em uso de verbas públicas para finalidades que não atendem – no muito das vezes – o clamor popular.

É preciso questionar a que se presta uma atuação M & M (moções e medalhas) e quais as consequências desta para a política pública.

Se a população não pensar nisso, urgentemente, em breve a cidade só sobreviverá se vender as medalhas que hoje distribui…  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: