Clássico histórico no Campeonato Mineiro Feminino 2019

Lucas Ignácio

Cruzeiro e Atlético-MG realizaram o primeiro clássico mineiro da história do futebol feminino. As cabulosas, apelido da equipe celeste feminina, venceram o Galo por 2 a 0, gols da meio-campista Micaelly e a atacante Vanessa.

Em partida válida pela quarta rodada do estadual, o triunfo cruzeirense rendeu a ele a liderança com nove pontos, sendo que ainda tem um jogo a disputar em relação aos seus adversários.

Antes do clássico, o Cruzeiro tinha goleado o Valadares E.C por 7 a 0, no Estádio Mário Lobo, em Ponte Nova. Ausente na segunda rodada, a estreia celeste terminou com mais uma goleada de 8 a 0 diante do Ipatinga, no Estádio das Alterosas – SESC Venda Nova.

Já o Atlético-MG chegou para enfrentar o rival com uma boa vitória sobre o Minas Boca por 4 a 2, no Estádio do Grêmio, em Santa Luzia. Nas duas rodadas iniciais, o Galo empatou com o Coelho sem gols no Estádio das Alterosas e emplacou uma goleada de 5 a 0 no Futgol na Cidade do Galo, em Vespasiano.

Líder do campeonato, o Cruzeiro assegura o melhor ataque e defesa da competição. Mica, o apelido de Micaelly, é a artilheira com cinco gols marcados. Pela quinta rodada, o Cruzeiro recebe o Minas Boca no Estádio das Alterosas, na próxima quinta-feira, 24.

O Galo ocupa a terceira colocação com sete pontos ganhos, mesma pontuação do América, perdendo no critério de saldo de gols (10×5). Na próxima rodada, o Atlético-MG folga e retorna na sexta rodada contra o Valadares E.C., na Cidade do Galo, no dia 3.

Brasileirão Feminino Série A2

Os rivais da capital mineira seguiram caminhos distintos no campeonato nacional. O Atlético-MG caiu na primeira fase, quando não conseguiu obter uma vitória sequer. Em cinco jogos, foram quatro derrotas e um empate. O Galo fez apenas um gol na competição e sofreu mais dez gols, registrando um saldo negativo de -11.

Com grande campanha, o Cruzeiro conquistou o vice-campeonato da competição. Classificado em segundo lugar no Grupo 5, as cabulosas eliminaram Pinheirense, Ceará e Grêmio.

Na final, a goleada sofrida pelo São Paulo por 4 a 0, no Pacaembu, decretou a medalha de prata para a equipe de Belo Horizonte. No jogo de volta, no Estádio das Alterosas, o Cruzeiro arrancou o empate por 1 a 1 sobre o Tricolor Paulista.

Foto: reprodução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: